Leonor Sá Machado é condecorada com Medalha Ruth Cardoso | TheBridge Global | Blog

Leonor Sá Machado é condecorada com Medalha Ruth Cardoso

| 0 comentários

Nascida em Portugal, a presidente da TheBridgeGlobal, Leonor Sá Machado, receberá no próximo dia 23 de março a Medalha Ruth Cardoso, entregue a personalidades e instituições responsáveis por projetos sociais direcionados à mulher. A executiva, primeira estrangeira a receber a medalha, será contemplada pelo trabalho à frente do Primeiro Programa de Cirurgia Reparadora para Mulheres Vítimas de Violência Doméstica, iniciativa que viabilizou plásticas para 30 pacientes no Estado de São Paulo. A premiação será na Assembleia Legislativa (ALESP), a partir das 19h30.

O projeto surgiu em outubro de 2013, como meio de facilitar o acesso de mulheres que sofreram algum tipo de agressão à cirurgia plástica reparadora gratuita. Esse direito, inclusive, é garantido por uma emenda à Lei Maria da Penha, aprovada em 2010 e que prevê o atendimento às vítimas nas unidades do SUS.

A iniciativa empreendida por Leonor contou com parceria da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), que mobilizou profissionais para realizar os procedimentos. Todo o processo de triagem das solicitações encaminhadas a uma central de 0800 foi conduzido pela TheBridge, empresa que promove projetos de responsabilidade social em parceria com governos, instituições e a sociedade civil, no Brasil e em Angola.

Entre outubro de 2013 e junho de 2014, o projeto recebeu uma média mensal de 200 ligações, que resultaram em 30 mulheres operadas – algumas tiveram de realizar várias cirurgias. A triagem leva em consideração uma série de fatores, como por exemplo: tipo de agressão sofrida pela vítima e gravidade das consequências, condições socioeconômicas da paciente, entre outros. O processo é minucioso e tem como objetivo garantir o direito à cirurgia a quem realmente precisa.

O programa realizadoem São Pauloganhou notoriedade e foi expandido. A TheBridge conduziu o projeto de cirurgias plásticas reparadoras para mulheres em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso. “As marcas físicas deixadas pela violência doméstica são o registro de uma agressão muito maior, que afeta principalmente a autoestima da mulher”, afirma Leonor. “Minimizar essas marcas, por meio das cirurgias reparadoras, é um importante passo para que ela possa recomeçar”, completa.

Maria da Penha, farmacêutica que dá nome à lei que combate à violência contra a mulher, acrescenta que a iniciativa da TheBridge também ajuda a resgatar a dignidade das vítimas. “As feridas da alma precisam de tempo para serem cicatrizadas. Mas, por meio deste projeto, as mulheres marcadas pela violência doméstica têm motivos para ficarem mais fortalecidas para reconstruírem suas vidas”, destaca.

Sobre o Prêmio

A Medalha Ruth Cardoso é uma iniciativa do Conselho Estadual da Condição Feminina (CECF), ligado ao Governo do Estado de São Paulo. Foi criada em 2008, para reconhecer projetos e personalidades que atuam na defesa dos direitos da mulher. Em cinco edições, o prêmio foi entregue a nomes como Luiza Erundina, Leci Brandão e Lu Alckmin, além de entidades como o Hospital Pérola Byington e o Amparo Maternal.

As indicações para o prêmio são recebidas pelas integrantes do chamado “Conselho da Medalha”, formado pela presidente e mais quatro membros do CECF. A comissão recebe sugestões de nomes e projetos de diversos órgãos que promovem atividades direcionadas ao público feminino.

O Conselho aprova as indicações e as encaminha ao Governador do Estado de São Paulo, que faz a escolha final das homenageadas. O nome de Leonor Sá Machado foi aprovado por unanimidade pelas conselheiras da CECF. Além da presidente da TheBridge, receberão a medalha: Jacira Vieira Melo, diretora executiva do Instituto Patrícia Galvão; Maria Gabriella Prado Manssur, promotora de justiça e responsável pela Diretoria da Mulher da Associação Paulista do Ministério Público; Marlene Campos Machado, fundadora da Associação das Mulheres Trabalhistas do Estado de São Paulo; Wilma Motta, presidente do Instituto Sérgio Motta; e o Programa Casas Abrigo – Regional do Grande ABC, que oferece abrigo para mulheres vítimas de violência doméstica e seus filhos.

Homenageada

Leonor Sá Machado é presidente da TheBridge, empresa de Responsabilidade Social, com escritórios no Brasil eem Angola. Agora, em 23 de março de 2015, será condecorada com a Medalha Ruth Cardoso, na Assembleia Legislativa, pelos projetos realizados nestes países em prol das mulheres vítimas de violência doméstica. Licenciadaem Relações Públicase Publicidade, com especializaçõesem Marketing Strategies, na Suíça, e New Product Development, em Londres, Leonor passou por grandes empresas, como Johnson&Johnson, Abbott, Renova, Bimbo Portugal – The Earthgrains Group e Banco Espírito Santo em Angola, acumulando grande experiênciaem Projetos Internacionaisnas áreas de Sustentabilidade e Responsabilidade Social. Professora convidada no ISCTE e ISCEM em Portugal e na Universidade Lusíada em Angola, leccionou as disciplinas de Marketing, Marketing Internacional e Comunicação Corporativa e pós graduaçãoem Comunicação Institucional.

TheBridge

Empresa fundada por Leonor Sá Machado em 2012,em Angola. Temcomo objetivo “construir pontes” entre empresas, governos e sociedade, no desenvolvimento de projetos de sustentabilidade direcionados, sobretudo, às pessoas. No país de origem, é responsável por iniciativas como as Conferências Angolanas sobre a Mulher e a Violência Doméstica e o projeto que promoveu um maior interesse dos estudantes angolanos pelas áreas da Ciência e Tecnologia. No Brasil, está à frente dos Programas de Cirurgia Reparadora para Mulheres Vítimas de Violência Doméstica realizados nos Estados de São Paulo e Mato Grosso.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.

*